Janelas abertas

window

A ignorância é uma janela aberta. Quem tem consciência da chuva forte ou do barulho irritante que há lá fora não deixa a janela aberta; doutra forma a chuva molharia e espalharia papéis pela sala, ou o barulho atrapalharia o trabalho e o estudo.

Mas às vezes a tempestade e a gritaria vêm de dentro e, ao mesmo tempo em que elas nos impedem de ir à janela para fechá-la, nos afastam do estudo e do trabalho. E logo a culpa será atirada não apenas sobre a chuva e o barulho, mas sobre todos aqueles que estão ao redor, mesmo os que tentam mostrar a janela aberta ou que, mais do que isso, tentam fechá-la.

Nesta metáfora podem ser percebidos dois tipos de ignorância: a do preguiçoso, que por simples inércia é incapaz de evitar aquilo que lhe puxa para o fundo; e a do imbecil, que à ignorância preguiçosa soma a cegueira, que o torna incapaz de ver a origem de sua própria miséria e que o faz acusar outrem por crimes que na verdade são seus. É evidente que o imbecil é pior do que o preguiçoso: para este, bastam alguns empurrões; para aquele muitos sopapos não bastam.

Eu já tentei mostrar janelas abertas a algumas pessoas — porque outras pessoas têm feito o mesmo por mim desde que nasci, mas não apenas por isso. Ultimamente tenho recebido em troca a surpreendente afirmação de que fui eu que deixei a janela aberta e a proibição de fechá-la. É ainda mais surpreendente perceber que essas pessoas não acreditam em Deus e na Verdade e que é exatamente por ter algum senso moral-filosófico-religioso que me mantenho — ainda, a duras custas — perto delas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s