Economia, ecologia


At? ontem eu era um modess.

O departamento de reciclagem da Johnson & Johnson de S?o Jos? do Campos (SP), que recebe o descarte de 13 unidades produtivas da companhia, gerou faturamento de R$ 3,8 milh?es e lucro l?quido de R$ 1,2 milh?o no ano passado. O resultado ? obtido, entre outros processos, pela transforma??o de restos de absorventes higi?nicos em palmilhas de cal?ados.

(?ntegra da mat?ria aqui)

A not?cia confirma o que muita gente suspeitava: cuidar do meio ambiente pode dar lucro — e muito. Os resultados do departamento de reciclagem da J&J s?o o contr?rio da estrat?gia utilizada por muitos ambientalistas: gritar e for?ar goela (dos outros) abaixo a id?ia de que o meio ambiente deve ser protegido a qualquer custo.

? sensato lembrar que economia e ecologia t?m o mesmo prefixo. Que o digam os t?cnicos da J&J.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s