Subsídio

beija-flor

E eles vieram. Aos montes. Mariquitas, saíras, beija-flores. Bastou eu pendurar uma garrafinha d’água com açúcar e os pássaros vieram. Brigam por uns goles de água açucarada. Marcam território. Chilreiam. Alguns chegam a entrar no meu quarto, pousam na mesa. E a água desaparece rapidamente.

Não sei se isso é alimento para eles. Confesso que minha iniciativa foi muito egoísta. Agrada-me ver tantos pássaros à minha janela, mesmo que briguem entre si, mesmo que eu os esteja acostumando mal. O que ofereço existe em abundância nas matas do lugar onde vivo. Mas não me importo. Convido-os a vir e eles vêm. Aceitam o que ofereço e pedem mais.

Sinto-me o próprio Lula com o Bolsa-Família.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s