Elei??es 2006

– Foi por pouco, mas o 2? turno veio. Embora isso signifique que eu vou trabalhar mais um dia de gra?a para o Estado, fico feliz que ainda tenhamos mais uma chance de nos livrar do Guia Genial pelos pr?ximos quatro anos. Mesmo assim, ser?o 28 dias decisivos e dif?ceis para a cruzada Anti-Petralhas.

– N?o deu para Afif, mas que a elei??o deste ano sirva de aviso para Suplicy — a.k.a. Trope?o. Como postei nos coment?rios deste saite, se ele realmente fosse batuta teria sa?do do PT ou teria repudiado publicamente cada bolo de lama que o Leviat? produziu.

– Apesar da sobreviv?ncia de Alckmin, a elei??o deste ano n?o causou surpresas onde elas eram mais esperadas, no Legislativo Federal. Alagoas elegeu Collor senador. S?o Paulo fez Valdemar Costa Neto, Maluf (o mais votado este ano), Palocci, Jo?o Paulo Cunha, Jos? Genoino e Ricardo Berzoini (a.k.a. Berzoniev) ressurgirem das cinzas — porca mis?ria. Angela Guaxinin e Delfim Netto n?o devem se eleger, mas tiveram vota??es expressivas para o tipo de gente que s?o. Paulinho da For?a, Frank Aguiar e Clodovil, embora por diversas raz?es sejam candidatos surpreendentes, foram eleitos sem muita surpresa — elei??es sintom?ticas, eu diria.

– Em compensa??o, felizmente os n?meros fluminenses devem barrar Eurico Miranda, Bab? e Paulo Ricardo e seu olhar 43. A? tamb?m seria demais.

– A prop?sito, com exce??o de Afif e da indefini??o para o segundo turno na disputa presidencial, os candidatos em quem eu votei ganharam. Fico feliz? Ficaria, se n?o tivesse a certeza de que (1) n?o h? solu??o pol?tica para a crise geral (eu disse geral) que solapa o pa?s e que (2) a democracia brasileira ? uma brincadeira de mau gosto. Na se??o em que trabalhei como mes?rio, havia muitos eleitores que mal sabiam digitar os n?meros dos candidatos na urna eletr?nica. Seriam eles capazes de escolher um sujeito honesto e competente? N?o foi esse tipo de eleitor que reelegeu os mensaleiros e que lan?ou o Guia-Genial-eu-n?o-sabia-de-nada ao topo do segundo turno? Eu ? que n?o fui.

Anúncios

8 comentários sobre “Elei??es 2006

  1. Bom, mesmo que o Lula leve o segundo turno (e um bom apostador n?o apostaria nisso), o PT sai bastante fragilizado. Embora sejam eleitos alguns dos petr?lias, eles est?o mais sujos do que pau de galinheiro. NO senado, embora Suplicy tenha ficado, o PT s? elegeu mais um, Ti?o Viana, do Acre. Dois moscas mortas. Resta tentar a sorte com o Mercadante para segurar a onda num eventual segundo mandato. No mais, a c?mara perde muitos figur?es (Z? Dirfeu, Mentor e Geno?no, por exemplo).

    No frigir dos ovos a elei??o foi p?ssima para o PT. Sorte a nossa. Melhorar, n?o vai mesmo. Mas nos livramos de parte do lixo pol?tico.

    Mas, fale a verdade. Ia ser uma grande ironia do destino, renascer a moralidade em Bras?lia com Collor e Maluf!

  2. S? mais duas coisinhas que havia esquecido:

    Acho que foi institu?da a id?ia do Millor: o voto contra.

    E n?o posso deixar de me exaltar como profeta amador de sucesso. Afinal, vivia dizendo que era cedo para dar a vit?ria a Lula no primeiro turno. Mas n?o era profecia, n?o. Bastava analisar as pesquisas, que colocavam os indecisos (perto de 6%) como votos inv?lidos. Indeciso vota em algu?m, nulo ou em branco. S? isso faz a margem de erro aumentar devido a impossibilidade de atestar a porcentagem j? que n?o h? como prever a quem ser?o dados os votos deles.

  3. segundo turno, varrer a sujeira para baixo do tapete pensando que tem tempo para limpa-la foi o que o Lula fez esse tempo todo, o tempo se esgotou, ? s? esperar, durante este mes as coisa ficaram bem mais claras. quanto se articulou, segurou, corrompeu somente para esperar a aguardada vit?ria de primeiro turno…..falhou. que venham mais besterias, a m?xima que o prejuizo causado sempre parte de n?s, o PT sempre ir? se atrapalhar, sempre e cada vez mais.
    Sobre os mortos vivos (muito vivos) da politica, uma coisa ? conseguir voltar ao panorama politico, outro ? escapar das acusa??es que vem por ai.
    mesmo o nosso (argh) presidente se reeleito passa pelo risco de se enroscar e muito.
    mas ai ? um caso que nem quero ver….

  4. Do link indicado pelo Norton:
    Tomas Borge, da Frente Sandinista de Liberta??o Nacional, da Nicar?gua, elogiou a lisura das apura??es, mas apontou outro tipo de fraude. \”Se h? fraude eleitoral ? a campanha suja contra Lula por parte da direita e da m?dia, apesar do respaldo popular do presidente\”, acusou.

    A frase ? curta, mas diz tudo a respeito de Lula e seus comparsas na Am?rica Latrina.

  5. Servir ? o verbo mais adequado nestas horas, Chi. E a reboque vem a palavra servi?al.
    *
    Ali?s, tamb?m te amo muito.

    (Que os leitores mais s?rios deste saite me perdoem, mas ?s vezes a gente tem que desfazer eventuais segredos que rondam nossos sentimentos mais profundos…)

  6. vc que gosta tanto do Olavo, um outro Olavo vem ao teu socorro, quem n?o desculpa o amor
    n?o sabe o que ? viver do amor entusiasmado.
    parabens aos dois

    Olavo Bilac
    Tenho frio e ardo em febre!
    \”E tremo ? mezza state, ardendo inverno\”
    Petrarca

    Tenho frio e ardo em febre!
    O amor me acalma e endouda! O amor me eleva e abate!
    Quem h? que os la?os, que me prendem, quebre?
    Que singular, que desigual combate!
    N?o sei que ervada flecha
    M?o certeira e falaz me cravou com tal jeito,
    Que, sem que eu a sentisse, a estreita brecha
    Abriu, por onde o amor entrou meu peito.

    O amor me entrou t?o cauto
    O incauto cora??o, que eu nem cuidei que estava,
    Ao receb?-lo, recebendo o arauto
    Desta loucura desvairada e brava.

    Entrou. E, apenas dentro,
    Deu-me a calma do c?u e a agita??o do inferno…
    E hoje… ai de mim!, que dentro em mim concentro
    Dores e gostos num lutar eterno!

    O amor, Senhora, vede:
    Prendeu-me. Em v?o me estor?o, e me debato, e grito;
    Em v?o me agito na apertada rede…
    Mais me embara?o quanto mais me agito!

    Falta-me o senso: a esmo,
    Como um cego, a tatear, busco nem sei que porto:
    E ando t?o diferente de mim mesmo,
    Que nem sei se estou vivo ou se estou morto.

    Sei que entre as nuvens paira
    Minha fronte, e meus p?s andam pisando a terra;
    Sei que tudo me alegra e me desvaira,
    E a paz desfruto, suportando a guerra.

    E assim peno e assim vivo:
    Que diverso querer! Que diversa vontade!
    Se estou livre, desejo estar cativo;
    Se cativo, desejo a liberdade!

    E assim vivo, e assim peno:
    Tenho a boca a sorrir e os olhos cheios de ?gua;
    E acho o n?ctar num c?lix de veneno,
    A chorar de prazer e a rir de m?goa.

    Infinda m?goa! Infindo
    Prazer! Pranto gostoso e sorrisos convulsos!
    Ah! Como d?i assim viver, sentindo
    Asas nos ombros e grilh?es nos pulsos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s