Uma verdade conveniente

Lew Rockwell lembra-nos de uma verdade conveniente a respeito de Al Gore, idealizador do documentário que venceu o Oscar da categoria este ano:

His mansion uses more than 20 times the amount of electricity as the national average, sometimes using as much in 1 month as the average family uses in 2 years. Furthermore, energy consumption actually increased after the release of his “documentary” (which resembles a real documentary on global climates about as much as Green Acres resembles a documentary on farm livin’).

O blog Dissidência complementa a nota de Rockwell:

Gore paga em média 1.359,00 dólares de conta de luz por mês. Isso sem contar os gastos de mais de 1080 dólares com gás de cozinha e calefação.(Como se sabe, nos EUA, a geração de energia é em grande parte feita por usinas termoelétricas, bastante poluentes). Isto, claro, considerando que o consumo de energia percapita dos americanos é bem maior que a média mundial.

(via Geografia Conservadora)

Anúncios

2 comentários sobre “Uma verdade conveniente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s