Como pensam os imbecis

Um trecho de um diálogo que tentei manter com uma pessoa recentemente. Não o publico aqui pelo que diz sobre o tópico em si (aborto), que já foi discutido em outros artigos neste site, mas por ilustrar rica e ao mesmo tempo brevemente como pensam os imbecis. Eles pensam, sim; apenas não têm consciência nem controle sobre isso. É daí que surgem estas pérolas:

— Eu preferia mil vezes ser abortado do que [sic] ser um filho indesejado.
— Suponhamos então que sua mãe não o queira mais. Tudo bem se você for “abortado” agora?
— Agora é muito tarde. Por isso tem que haver uma escolha em tempo hábil. Esta escolha muda toda a vida de uma família. Se uma mulher não abortar e dedicar um ano de sua vida ao filho ela vai achar que fez bem em não abortar.
— E se ela abortar, como ela vai saber se fez bem ou se fez mal?
— Uma decisão tem que ser tomada de acordo com o momento.
— Depois desta, sem mais perguntas. De todas as bobagens que você disse desde o início deste tópico, esta foi a maior.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s