Cansados, indispostos, letárgicos

lula e a viola

Umas semanas atrás fiz algumas anotações em meu caderno e percebo agora que elas podem ser oportunas para ilustrar o momento curioso pelo qual passa o país:

No Brasil, a política é a arte de amarrar o cachorro com salsicha. Todos os problemas decorrentes da política podem ser resumidos com a seguinte pergunta: quem fiscaliza os fiscais? O Brasil é o reino da falta de semancol, de senso de ridículo, de rédeas e de papas na língua, um paraíso de gentios onde os líderes mal percebem o céu como limite. Já passamos há muito daquele ponto em que as instituições democráticas podiam fazer algo. Mais fácil assumir logo que, sim, somos golpistas, sacar as espadas e lutar.

É claro que esse tipo de declaração é um presente para a esquerda. Tudo que eles querem é uma oposição golpista. Mas, Jesus, que alternativa? Por muito menos o próprio saiu chutando barraquinhas. Experimente dialogar com quem diz:

“No plano político, a invenção da crise aérea simplesmente é mais um episódio do fato da mídia e certos setores oposicionistas não admitirem a legitimidade da reeleição de Lula, vista como ofensa pessoal à competência técnica e política da auto-denominada elite brasileira.”

E que insiste, mais adiante:

“Sim. Como eu disse acima, a mídia e setores da oposição política ainda estão inconformados com a reeleição de Lula e farão durante o segundo mandato o que fizeram durante o primeiro, isto é, a tentativa contínua de um golpe de Estado.”

Quem diz isso é um dos luminares da mais importante universidade brasileira. Responda: há qualquer possibilidade de diálogo com uma pessoa que afirma tais coisas?

Ocorre que toda a classe política é feita de pessoas com esse tipo de retardo mental. Umas em menor grau, que se limitam a ignorar aquilo que a realidade lhes mostra. Outras, como a autora das palavras citadas acima, em grau profundo, somado a um estado de esquizofrenia irreversível em que a pessoa ignora a realidade e tenta explicá-la com base em seus achaques.

Em uma nação de pessoas inteligentes, um ano de lulismo bastaria para expulsar o Semi-Analfabeto do Planalto a pontapés. Já são cinco anos até agora e uma lista interminável de falhas, que vão de gafes (“competir com traficantes”, “tão bom que nem parece a África” etc.) até desvios incontornáveis de caráter (subserviência ao comunismo latino-americano, absoluta falta de noção sobre as responsabilidades de um chefe de estado etc.).

Eu adoraria ter esperança, mas não existe esperança sem uma dose mínima de realidade. E nada disso nos acontece sem algum mérito.

Anúncios

2 comentários sobre “Cansados, indispostos, letárgicos

  1. Ah.. dona Marilena, vai já pro fogão!

    Chris, logo no início tem algo que não sei nem como classificar. Cada um aí arrume um adjetivo pra isso:

    “Era o fim da tarde. Estava num hotel-fazenda com meus netos e resolvemos ver jogos do PAN-2007. Liguei a televisão e “caí” num canal que exibia um incêndio de imensas proporções enquanto a voz de um locutor dizia: “o governo matou 200 pessoas!”. Fiquei estarrecida e minha primeira reação foi típica de sul-americana dos anos 1960: “Meu Deus! É como o La Moneda e Allende! Lula deve estar cercado no Palácio do Planalto, há um golpe de Estado e já houve 200 mortes! Que vamos fazer?”. Mas enquanto meu pensamento tomava essa direção, a imagem na tela mudou. Apareceu um locutor que bradava: “Mais um crime do apagão aéreo! O avião da TAM não tinha condições para pousar em Congonhas porque a pista não está pronta e porque não há espaço para manobra! Mais um crime do governo!”. Só então compreendi que se tratava de um acidente aéreo e que o locutor responsabilizava o governo pelo acontecimento.”

    Será que a dona Marilena quis dizer que só então se deu conta que era APENAS um acidente aéreo e que morrera 200 pessoas? Só duzentas? Que bom, graças a Marx, o governo Lula está a salvo!

    Puta merda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s