Porca miséria (agora também numa loja perto de você)

joão pedro stédile

Recebo hoje em meu e-mail o seguinte informativo:

Seminário Nacional
PAISAGEM E PARTICIPAÇÃO: Práticas no Espaço Livre Público
18 e 19 DE OUTUBRO DE 2007
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Universidade de São Paulo

O Seminário ‘Paisagem e participação’: práticas no espaço livre público’ propõe-se a contribuir com os estudos interdisciplinares sobre a Paisagem. Objetiva alimentar o campo da reflexão sobre a questão da participação popular e suas implicações sócio-políticas, bem como debater experiências na elaboração e condução de projetos participativos que vêm sendo realizados no âmbito dos espaços livres públicos no país.

Ok, muito bom. Continuo a leitura.

A expectativa é de que deste seminário façam parte estudantes, professores, profissionais, agentes do poder público, movimentos sociais, organizações não governamentais e interessados, a fim de que, além de se ter um debate ampliado entre os vários atores sociais que participam de processos de construção da cidade, seja possível promover a criação de uma rede, em esfera nacional, de troca de informações, experiências e trabalhos científicos.

Menos bom. Democrático demais. “Movimentos sociais”, “organizações não-governamentais” e “atores sociais” deixam claro o tipo de participação a que os organizadores se referem. Prossigo.

O primeiro dia do encontro organiza-se em torno de mesas redondas e conferência, e o segundo pela reunião de Grupos de Trabalho e a discussão sobre experiências com participação popular efetivadas em projetos de espaços livres públicos, seus aspectos consensuais e dissensuais.

PROGRAMAÇÃO

Dia 18 de outubro, 9:00~12:00 – mesa redonda
DEMOCRACIA E PARTICIPAÇÃO
João Pedro Stédile e (…)

Ok, parei, desisto, chega. Para quem não acredita que alguém foi capaz de adicionar MST a um seminário sobre paisagem, veja o informativo oficial.

E ainda me perguntam se quero que os cursos de pós-graduação da FAU-USP voltem para o bunker da Cidade Universitária…

Anúncios

3 comentários sobre “Porca miséria (agora também numa loja perto de você)

  1. Bem… Me surpreende ainda não ter visto um post aqui, sobre literalmente “lojas MST”, onde se vendem produtos “teoricamente” cultivados pelo grupo.

    Semestre passado me deparei diversas vezes, no meu trajeto entre Consolação – Traipú (perdizes) de ônibus… Havia esquecido de comentar…

    E há quem apoie essa balburdia…

    Enfim, não li o texto na íntegra… só me deparei com o título, que me assustou.

    (E aquele lance de invasão de propriedade privada? Me dá o direito de meter chumbo num cidadão desses, ou virão ONGs escrotas defendendo os direitos humanos querendo pôr no meu rabo?)

    Brasil tá de pernas pro ar… Arruma parte das minhas malas, que eu não quero ser o último a apagar a luz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s