Da grande sindérese

luca giordano alegoria da prudencia
Luca Giordano, Alegoria da Prudência

É o trono da razão, base da prudência, com a qual custa pouco o acertar. É dádiva do céu e a mais desejada, por ser primeira e melhor. É a primeira peça do arnês, e tão necessária, que por nenhuma outra que lhe faltasse um homem seria denominado falto. O que mais se nota é o seu menos. Todas as ações da vida dependem de sua influência, e todas requerem sua qualificação, pois tudo há de ser feito com siso. Consiste numa propensão conatural a tudo o que mais se conforme à razão, casando-se sempre com o mais acertado.

Baltasar Gracián, A Arte da Prudência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s