Tonari no Totoro

tonari no totoro

Eu já escrevi sobre os desenhos de Hayao Miyazaki e também já convidei vocês a ouvi-los, por isso serei breve desta vez.

Vi novamente o genial «Tonari no Totoro» (em português, «Meu Vizinho Totoro»). O desenho conta a história de duas menininhas, Satsuki e Mei, que junto com seu pai mudam-se para uma casa numa área rural. A mãe está doente, num hospital não muito distante. Totoro é um… como dizer… um totoro, uma espécie de guardião da floresta próxima que ajuda as meninas em alguns momentos de apuros.

Minha amada, que assistiu a essa obra-prima comigo, sabiamente observou que se trata de um desenho sem antagonistas. Depois, revendo na memória todos os desenhos de Miyazaki, percebo que a maioria deles não tem antagonistas. Não significa que não há tensão. A tensão, como dizem os escritores, é o que torna uma história interessante. A adversidade move os personagens, cria fatos e cria processos com começo, meio e fim. Miyazaki sabe disso. Mas «Tonari no Totoro», como outras obras geniais do mestre japonês, cria tensão sem angustiar o espectador, sem fazê-lo sofrer ou torcer para quem quer que seja. Ele não maltrata seus personagens, apenas os submete a um tipo de pressão muito comum a mim, a você, a qualquer pessoa. Miyazaki fala o tempo todo de sentimentos e de como coisas simples podem ser bonitas e de como a beleza basta para quase todos os momentos — um sorriso, um raio de sol, uma cambalhota, os rangidos da madeira de uma casa velha, o barulho d’água, girinos, bolas de fuligem (os «makkuro kurosuke», que magicamente são vivos e espertos e reaparecem anos mais tarde em «Sen to Chihiro no Kamikakuchi»).

Todas estas coisas me fazem pensar que Miyazaki é um mestre deste mundo. Nós é que não somos deste mundo porque o observamos com uma lupa moderna demais, artificial demais, rígida demais. «Tonari no Totoro» é uma história para criança — em especial aquela que cada um ainda traz dentro de si.

.
Original da imagem aqui.

Anúncios

9 comentários sobre “Tonari no Totoro

  1. Esse eu ainda não vi mas quero ver ainda, com certeza. Vi A viagem de Chihiro, Mimi wo sumaseba (Sussuros do coração) e O túmulo dos vagalumes. São nimações que eu jamais irei esquecer. Ontem por coincidência estava comentando com uma amiga sobre como as pessoas são preconceituosas e nem ao menos dão uma chance a esses desenhos. E talvez uma ironia ainda maior, a pessoa que concordou comigo também nunca deu uma chance.

  2. Meu vizinho Totoro ou My Neighbor Totoro com certeza é o melhor trabalho de Miyazaki.
    A trilha sonora então é absurdamente bela !
    Infelizmente a obra não foi legendada ou dublada para o Portugues.

  3. É mesmo !
    Tem a versão dublada de 1996 em fita VHS, mas nunca passou na TV ou cinema. O que está disponível na Net está em formato RM. Só não sei se há DVD dublado disponivel em alguma loja.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s