Bombril

Graças a Deus sou útil. Há pelo menos uma pessoa que dá atenção ao que tenho para transmitir — ou àquilo que julgo ser útil para outrem e que realmente me traz alguma satisfação. Eu acho que isso é sucesso, embora reconheça sua insuficiência para a minha própria subsistência e para a expectativa das pessoas ao meu redor de que eu consiga comprar eletrodomésticos (como costumava dizer Plínio Marcos), ter morada própria e constituir família.

É claro que isso me entristece, porque a sensação de sucesso — interior e miúdo que seja — parece não significar nada diante da evidência do fracasso, conforme o critério das pessoas ao meu redor. E junto com a pressão… ok, chamemos de “pressão social”, na falta de outro clichê… e junto com a pressão social mais óbvia vêm outras pressões menores, mas não menos sociais: o tempo que passa, as oportunidades perdidas, o desperdício, o ostracismo, o limbo, a solidão.

Realmente não sei nada sobre o futuro. Nunca soube. E nunca quis saber. Agora é tarde, mas o prazo de validade vencido tem a vantagem de, no limite, dispensar-me de ser socialmente bem-sucedido. Com alguma sorte, serei o velho ranzinza que vive sozinho numa casa escura, assusta crianças da vizinhança e jamais sorri.

.
link da imagem

Anúncios

8 comentários sobre “Bombril

  1. sempre fui muito grilado pela necessidade de ser socialmente aceitável, e isso passava necessariamente pela ocupação altamente convencional de engenheiro. nunca parei para pensar, realmente, se havia algo do outro lado. coisas de primogênito.

    em tempo: “útil” sempre me lembra aquele flash divertidíssimo que fizeram com a música-tema de jaspion e daileon. “ooo, canalha do alto, que útil!”

  2. Graças a Deus sou útil. Há pelo menos uma pessoa que dá atenção ao que tenho para transmitir — ou àquilo que julgo ser útil para outrem e que realmente me traz alguma satisfação. Eu acho que isso é sucesso…
    Te enviei um email falado justamente de como é possível fazer diferença na vida das pessoas, mesmo dauqelas que não cohecemos, e olha que só li este texto após te enviar o e-mail. Creio que nada é por acaso e, se vc ler o que escrevi, percebo que hoje também fui útil para álguem.
    Um abraço.

  3. “I love the man that can smile in trouble, that can gather strength from distress, and grow brave by reflection. ‘Tis the business of little minds to shrink; but he whose heart is firm, and whose conscience approves his conduct, will pursue his principles unto death.” — Thomas Paine

  4. olá! que surpresa!
    fiquei pensando: se a gente juntar os fracassos pode virar sucesso!
    assim podemos mesmo criar uma rede paralela (ao sistema) de criação e comunicação para escapar à solidão e à tristeza geral. a frustração com o mundo é fácil e perigosa…….
    abs

  5. Olá, Anahis. Obrigado pelo comentário.

    Embora eu possa ter causado essa impressão com o que escrevi e de fato muito de mim seja visto por outrem como exemplo de fracasso, eu não vejo fracasso — em mim ou em qualquer outra pessoa que voluntariamente encontre aquilo que buscou.

    Acredito que uma rede como a que você sugeriu (uma boa idéia, aliás) terá como principal tarefa ensinar às pessoas o que é sucesso e o que é fracasso. Por enquanto, quem dita essas coisas ainda é a TV.

    Como dizia Thoreau: «Aquilo que um homem pensa de si mesmo: é isso que determina, ou antes indica, o seu destino» — seu destino e seu sucesso.

  6. tão bom e importante pensar coisas além da grande mídia! seguir criando novas formas de expressão e comunicação, até um dia que a grande mídia seja um veículo de comunicação mais abrangente, e comporte mais gente…!
    e é ótima sua referência pra pensar o sucesso!
    precisamos todos sempre de referências assim para o pensamento não se perder na multidão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s