Em gotas

Não sei se padeço de «cansaço espiritual» — se me permitem a estupidez da expressão. Busco algo, mas não consigo formular a pergunta. Encontro respostas e pistas, mas as dispenso tão logo sinto que elas me amarram os pés. Admiro os mestres, mas me afasto de todos eles no momento em que os percebo rodeados de detratores — que nunca serão dignos de suas bênçãos. Receio que não seja possível nem perguntar «por que?», decerto porque a resposta que me acalmaria não pode ser obtida senão no silêncio absoluto. E mesmo sem direção, sem perguntas ou respostas, sem a luz necessária para enxergar algo além de minhas próprias mãos, continuo.

Nada é necessário.

.

link da imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s