O ornitorrinco

A inabilidade da metafísica convencional, a de sujeitos e objetos, em clarificar os valores é um exemplo do que Fedro chamou de um «ornitorrinco». Os primeiros zoólogos classificaram como mamíferos aqueles que amamentam seus filhos e como répteis aqueles que põem ovos. Eis que foi descoberto na Austrália um ornitorrinco, com bico de pato, que botava ovos como perfeito réptil e, depois de chocá-los, amamentava os ornitorrincozinhos como um perfeito mamífero.

A descoberta provocou uma sensação e tanto. Que enigma! — exclamou-se. Que mistério! Que maravilha da Natureza! Quando os primeiros exemplares empalhados chegaram à Inglaterra, provenientes da Austrália, no final do século XVIII, foram considerados falsificações feitas colando-se pedaços de diversos animais. Ainda hoje encontramos ocasionalmente artigos em revistas sobre a Natureza indagando: «Por que existe esse paradoxo na Natureza?».

A resposta é: não existe. O ornitorrinco não faz absolutamente nada de paradoxal. Ele não tem qualquer problema. Os ornitorrincos vinham botando ovos e amamentando seus filhotes há milhões de anos, antes que chegasse um zoólogo e declarasse isso ilegal. O verdadeiro mistério, o verdadeiro enigma, é como podem esses observadores científicos maduros, objetivos e treinados responsabilizar por seu erro crasso um pobre e inocente ornitorrinco.

Os zoólogos, para encobrir seu problema, tiveram que fazer um remendo. Inventaram uma ordem nova, a dos monotremados, para incluir o ornitorrinco e a équidna, e pronto. Isso é o mesmo que uma nação consistindo de duas pessoas.

Trecho do livro «Lila», de Robert M. Pirsig, mais conhecido pelo livro «Zen e a arte da manutenção das motocicletas».

Anúncios

Um comentário sobre “O ornitorrinco

  1. um caso típico de gente confundindo o mapa com o território, pessoas que se apaixonam pelas representações que criou a ponto de não perceber que o real não é o representado. soberbo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s