Artigos

Artigos publicados em jornais, sites e outros textos longos e pretensiosos à espera de publicação. Esta mesma lista, organizada de uma outra forma e apresentada com trechos de cada texto pode ser encontrada aqui.

Lista organizada em ordem cronólogica (os mais recentes no início):

  • Político não vai à praia
  • Pela criminalização do comunismo
  • Bom dia, boa tarde, boa noite
  • Ilhabela sem Ilhabela
  • Causar, desfrutar, faturar
  • O ralo de Ilhabela
  • Por praticar Aikido?
  • Preparando a própria forca
  • O espírito da coisa
  • Bons ventos
  • Feliz 1989
  • Crianças mimadas II*
  • Cidadão pró-ativo
  • Razões para praticar
  • Sólida instituição ilhabelense
  • Politicamente atrofiados
  • Acima de tudo
  • Depois das eleições
  • O bife do churrasco eleitoral
  • Carro de som para prefeito
  • Coligações e outras sujeiras
  • Janelas abertas
  • Malditos sejam os ignorantes
  • A estética das filas de banco
  • Passado presente
  • Não somos nostálgicos
  • Gandalf para prefeito
  • Ecologia, uma explicação didática
  • Não diga que é impossível
  • Esquerdismo, uma explicação didática
  • Coragem e bicicletas
  • Egoísmo
  • Maquiagem de produtos
  • Política, mal necessário
  • De como o espírito se curva
  • Alienação
  • Caiçaras de alma
  • Pés no chão
  • Bom exemplo de mau exemplo
  • Ser budista
  • Lições de vida, lições divinas
  • De imperativos, reflexos e coisas sujas
  • Silêncio, por favor
  • Enlouquecimento global
  • Arranha-céus e panças à mostra
  • Pequenos atos, grandes problemas
  • Arquitetura e dualismo
  • Por um mundo melhor
  • Fazer bonito
  • Ki: mito ou realidade?
  • Pague para entrar
  • Brasil, o filme
  • Primeiro Mandamento
  • Tudo é arquitetura
  • Meditação – FAQ
  • Esfriamento mental
  • Abutres da sociedade
  • Arquitetura e dignidade
  • Você, o arroz e o feijão
  • Refutando o abortismo
  • Punir educa
  • O senso das proporções
  • Crianças mimadas
  • A vitória do junk tourism
  • Ritos tibetanos
  • O urbanista e os dois lugares
  • Liberdade
  • A violência como causa
  • Capitalismo saudável
  • A não-casa dos meus sonhos
  • Estude
  • Eu versus o Estado
  • A paisagem em ruínas
  • A paisagem transformada
  • Dissecando a grosseria
  • Filantropia de plástico
  • Ilhabela, cidade cenográfica
  • Sonho de uma noite de outono
  • Miyazaki e o amor
  • A guerra de chuteiras
  • Quero meu dinheiro de volta
  • Como estragar uma obra-prima
  • Onde o tempo parou
  • Brasil 2004: um plano de fuga
  • Sobre a violência
  • Comparar para valorizar
  • 2+2=37
  • O seu Aikido é eficiente?
  • A orientação política dos dicionários
  • 10 razões para pedalar
  • Metendo a colher em Ilhabela
  • Punks, Guevaras e rebeldia
  • A roda da vida
  • Doutrinação ambiental
  • O ambientalista cético e solitário
  • Solitude
  • Futuro demais
  • Política, estética e tecnologia
  • Feiúra institucionalizada
  • Ilhabela tem oposição séria
  • A função social dos mendigos
  • Cinco idéias para uma cidade melhor
  • Migalhas de rebeldia
  • Arte perene
  • Política, um passatempo
  • De ONGs e de artistas
  • Mc Dia Feliz
  • O q_e _stá es_r_to aq_i?
  • Breve manual para críticos
  • Vida profissional
  • Amor: como e por quê
  • Urbanismo descalço
  • Anúncios

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s